Deputado Jair Bolsonaro pede ao TSE suspensão de pesquisa eleitoral do instituto Datafolha

 

A defesa do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) protocolou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta terça-feira (30), representação que pede a concessão de tutela de urgência para impedir a divulgação do resultado da pesquisa eleitoral promovida pelo jornal Folha da Manhã e realizada pelo instituto Datafolha. Solicita ainda, no mérito, que a pesquisa registrada no Tribunal sob o número BR-05351/2018 seja impedida de circular em definitivo.

Os advogados do político afirmam que a pesquisa, além de pretender aferir a intenção de voto para as eleições presidenciais de 2018, contém questionamentos sobre a opinião dos potenciais eleitores, acerca de circunstâncias atuais da política nacional e dos seus protagonistas.

“Nesse ponto, os questionamentos apresentados se revelam tendenciosos, com nítido objetivo de manipular, não apenas o eleitor consultado, mas também aqueles que do seu conteúdo tiverem conhecimento, tudo isso em benefício de uma determinada candidatura, cujo registro perante o TSE é natimorto. De outro lado, ao candidato ora representante, a “pesquisa” reserva tratamento difamatório, baseado em premissa reconhecidamente falsa”, diz a defesa de Bolsonaro.

Em razão do recesso forense, que somente terminará dia 1º de fevereiro, a análise do pedido de cautelar deverá ser feito pela Presidência da Corte.

 

RC/EM

ARTIGO DO MÊS: RODRIGO ZÍLIO

A pré-campanha: limites e vedações

Rodrigo López Zilio

Jurisprudência Comentada

Infidelidade partidária para os cargos majoritários – Análise de um caso concreto

Luciana Lóssio

[...]

Revista da EJE ano 1 número 4
Entrevista com ministro Henrique Neves

Parceiros

Notícias extraídas do site do Tribunal Superior Eleitoral