NOTA DE PESAR

O falecimento do Advogado e membro do IBRADE José Gerardo Grossi deixa todos que tiveram a sorte de conviver com ele extremamente tristes.

Grossi preencheu, em todos os sentidos, o significado maior da advocacia. Combateu o autoritarismo e a repressão desde cedo, nos momentos mais difíceis do País. A democracia brasileira deve muito aqueles que subjugados pela ditadura não se calaram e, com maestria, fizeram o possível para preservar as liberdades e a dignidade dos cidadãos.

Na década de 60, solidarizou-se com Vitor Nunes Leal, aposentado por ato do Governo Militar, e com ele, José Paulo Sepúlveda Pertence, Cláudio Lacombe e outros eminentes Advogados montou a Sociedade de Advogados Nunes Leal.

Mineiro, de Abre Campo, José Gerardo teve brilhante passagem pelo Tribunal Superior Eleitoral, como ministro substituto e efetivo.

Mas, acima de tudo, José Gerardo Grossi era extremamente humano e alegre. Advogado e amigo leal, não dispensava uma boa conversa e contava saborosas histórias.

A sua ausência será apenas física, pois suas ideias, reputação e jovialidade são eternas.

Que Deus conforte Adelaide e os filhos para que possam superar a perda irreparável.

 

Brasília, 9 de maio de 2018

 

Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral – IBRADE
Diretoria

ARTIGO DO MÊS: RODRIGO ZÍLIO

A pré-campanha: limites e vedações

Rodrigo López Zilio

Jurisprudência Comentada

Infidelidade partidária para os cargos majoritários – Análise de um caso concreto

Luciana Lóssio

[...]

Revista da EJE ano 1 número 4
Entrevista com ministro Henrique Neves

Parceiros

Notícias extraídas do site do Tribunal Superior Eleitoral